Decisão de Lira quanto a votação do voto impresso

Quando o assunto é política, as pessoas tem de entender, que parte do processo é conjuntura, e que olhar os fatos com paixão, acaba por atrapalhar na análise mais profunda dos acontecimentos.

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Decisão de Lira quanto a votação do voto impresso

Por Victor Vonn Serran - 10/08/2021

Quando o assunto é política, as pessoas tem de entender, que parte do processo é conjuntura, e que olhar os fatos com paixão, acaba por atrapalhar na análise mais profunda dos acontecimentos.

Lira pautou na Terça, e muita gente estava transtornada com dados, mas a verdade é que parte dos deputados fornecidos irritação com ele, por achar que a líder da Câmara poderia ter conhecimento do percurso no desfile dos militares, por informações vazadas de alguém, e ter usado um dado para aumentar a influência positiva sobre a pauta. Tanto que endossaram o pedido da solicitação de fazer Lira votar, e também se posicionar.

Como vocês podem ver, nem tudo é o que parece.

O número de deputados precisos para mudar o destino da votação é a mais de sessenta votos, e segundo informações é muito difícil reverter o quadro. A coisa fica mais complicada quando deputados em secretarias são liberados para votar contra, por governadores de nomenclatura. Os neutros que votar um favor, também temem retaliações com processos parados.

Eu não vejo como pode passar hoje, porém, manter como esperanças nunca é ruim.

Existem outras alternativas que o governo vai mostrar caso a PEC não passe, no sentido a auditoria dos votos e precisamos confiar no Jair.

Para contrastar, a Câmara vai intervir pelo deputado Daniel, e pedir relaxamento das acusações. O que pode ser bacana é que com o pedido, a pressão nas denúncias contra os atos autoritários do Glande pode aumentar. Lembrando que o julgamento da ação do PTB até o fim desse mês por cortes internacionais.

Como denúncias contra o presidente no corte de Haia sobre indígenas não se preocupam pela falta de fundamentação, e a notícia do crime por vazamento feito pelo TSE fica esvaziada pelo levantamento do sigilo do delegado. É só mais manchete de jornal, para desgastar. Tudo que não tem efeito é para desgastar.

Prestem atenção na CPI hoje, que pode ser interessante. Daqui a algumas semanas, podemos ter notícias boas no sentido de ver ela acabando mais cedo que o critério, mas ainda não posso escrever muito sobre isso.


Compartilhe

Últimas Postagens