Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Dúvidas sobre votos e eleições

Vamos superar 2018 e mostrar que a mudança que chegou, veio para ser definitiva.

Divulgação

Dúvidas sobre votos e eleições

Por Victor Vonn Serran - 03/08/2022

Vou usar o texto para matar algumas dúvidas comuns. Qualquer outra questão relevante procurem na caixa de perguntas, pois o assunto é sério e precisa ser esclarecido.

Hoje eu vou escrever sobre votos e eleições.

A primeira dúvida é de amigos que moram fora do Brasil. Votar fora também é obrigação, e não votar pode dar problemas com documentos. Entre no site do TSE e se informe sobre prazos e zonas eleitorais, disponibilizados por embaixadas nos respectivos países.

Sobre o voto em trânsito, também tem prazo, e vai até 18 de Agosto. Informe sua zona eleitoral e peça uma transferência de período. Lembrando que quando a mudança é fora do estado, você só vota para presidente e vice.

Votos nulos e brancos são computados, mas não válidos. A estratégia da esquerda é usar essa margem como fez com vários países na América do Sul. Não existe contagem para candidatos desses votos, e apenas os válidos decidem eleições. Ou seja, cada voto que você conseguir para o Jair sempre vai contar.

Sobre o tal voto parcial, onde só escolhendo presidente o voto é anulado, baita fake news. Todo voto válido é computado, sendo que os espaços não preenchidos na urna ficam brancos. Então se você optar votar só no Bolsonaro, o voto será válido.

Boca de urna ainda é proibido, mas usar camisa de candidatos e broches são permitidos, desde que não em grupo. A bandeira brasileira pode ser usada em qualquer lugar, sem restrições.

Transferência, títulos, prazos e outras informações você encontra no site do TSE.

Não se concentre em tentar convencer doutrinados. Focar nos indecisos e isentões vai fazer a diferença nesse pleito. Use os símbolos nacionais a vontade e quando discutir, não se omita de dizer que vota no presidente. Mostre os números da economia e emprego, assim como os escândalos de corrupção de gestões anteriores.

Informe todos.

Vamos superar 2018 e mostrar que a mudança que chegou, veio para ser definitiva.

Querendo eles ou não.


Compartilhe

Últimas Postagens