Inflação e Desvalorização da moeda

Voltar sem grandes prejuízos vai ser fundamental para recomeçar no pós pandemia.

Divulgação

Inflação e Desvalorização da moeda

Por Victor Vonn Serran - 07/10/2021

Ontem quando falei da possibilidade de russos terem transmissão a recente instabilidade das redes, muita gente veio no privado atrás de mais informação. Gente com dinheiro pago fora, com medo das futuras movimentações do tabuleiro.

Então hoje, vou passar uma visão minha, e não obrigo ninguém a comprar. O meu conselho é: protejam seu dinheiro. Apesar do Brasil ficar em uma posição privilegiada no novo cenário que vai se formar, uma crise baseada na cadeia de suprimentos vai deixar os próximos meses complicados, e tudo isso em decorrência da crise do pandemônio no mundo.

O gás natural vai aumentar horrores, e toda a Europa vai ficar na mão da Rússia. Com o anúncio do fim da grana dos EUA, mais dinheiro será imprimido, e a desvalorização das moedas no mundo vai trazer um choque inflacionario gigante. Tudo que para comprado fora vai ter alta de preços, e as bolsas vão sentir o impacto. 

Lá por Março ou Abril, conforme as coisas devem melhorar, mas se tem grana em ativos de risco, é bom pensar, pelo menos nesse momento, em deixar seus valores em investimentos conservadores, ou mesmo tirar da conta das investidoras. 

E embora o câmbio dos bancos seja bem salgado, evite transporte em criptomoeda. Corra de movimentações ilícitas porque as receitas vão estar de olho nos processos como nunca estiveram antes.

Eu sei que isso parece ruim, mas é aquela tempestade de verão, que vem forte, e acaba mais rápido que as outras. Do meio do ano que vem para frente a tendência é melhorar, mas até lá é bom segurar como rédeas. Voltar sem grandes prejuízos vai ser fundamental para recomeçar no pós pandemia.

Se falar com corretoras e bancos eles vão me desmentir, e apresentar gráficos lindos para vocês, mas não se enganem quanto a isso, pois a orientação dessas agências é evitar fuga de investimentos.

Eles sabem que o barco vai balançar, mas não querem perder clientes.

Não sou economista mas leio e observo bastante sobre o assunto. Espero ter ajudado.

Cuidem bem do seu patrimônio.


Compartilhe

Últimas Postagens