Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Novos exames devem diagnosticar se o criminoso Adélio deve ou não ser solto

Após os primeiros anos da prisão de Adélio, novos e exames devem diagnosticar se o criminoso tem condições de ser solto, ou se ainda representa algum perigo a sociedade. Mas alguns detalhes passaram despercebidos.

Divulgação / Redes sociais

Novos exames devem diagnosticar se o criminoso Adélio deve ou não ser solto

Por Victor Vonn Serran - 31/07/2022

Após os primeiros anos da prisão de Adélio, novos e exames devem diagnosticar se o criminoso tem condições de ser solto, ou se ainda representa algum perigo a sociedade. Mas alguns detalhes passaram despercebidos.

O primeiro é o laudo atrasado. A justificativa de não haver peritos suficientes nos meses anteriores gera certa desconfiança, visto que contando os dias do atraso, Adélio ganharia as ruas no final de Agosto, perto das eleições.

Não acredito que o mesmo faria novas declarações. Todo esse tempo preso, sem revelar o possível mandante, mostra que o autor da facada não tem essa intenção. O receio que alimento, é que mesmo que não diga, acabe sendo morto pela ideia de um dia confessar. Outra questão é que a morte de Bispo agora, alimentaria uma série de narrativas contra o presidente. Um prato cheio para esconder a redução dos preços dos combustíveis e os efeitos do auxílio Brasil.

Temos de observar com muito cuidado o andamento desse processo. Acredito que o perito manterá Adélio preso pelo menos até o fim do período de pleito. Caso não faça isso, podemos desconfiar com mais veemência que algum ardil está sendo realmente montado.

Outro detalhe importante é que na perícia aos celulares, descobriu-se novos fatos: um dos advogados da equipe de Adélio prestou serviços ao Primeiro Comando da Capital, e agora as investigações correrão nesse sentido.

Será por isso o receio de Xerxes com as falas de Marcos Valério e a associação cabulosa que tanto conhecemos?

Saberemos em Setembro.

Victor Vonn Serran


Compartilhe

Últimas Postagens