Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Quando um petista usar a ONU para falar na injustiça com Lula, simplesmente ignore

Se a Lava-jato foi parcial, foi porque deixou os tucanos de fora, em um escancarado projeto de poder, que foi interrompido por Jair Bolsonaro.

Divulgação

Quando um petista usar a ONU para falar na injustiça com Lula, simplesmente ignore

Por Victor Vonn Serran - 29/04/2022

A ONU emitiu um documento há poucos dias, falando sobre a parcialidade no julgamento de Lula. Pelo jeito a organização não se atentou ao depoimento de Palloci, ou mesmo dos empresários que tiveram de devolver grana para os cofres brasileiros. Se a Lava-jato foi parcial, foi porque deixou os tucanos de fora, em um escancarado projeto de poder, que foi interrompido por Jair Bolsonaro.

A instituição será bastante usada pelos petistas, como símbolo da credibilidade para o cara que agradeceu a natureza pela existência do Corongavirus. Mas vale lembrar como a Organização das Nações Unidas, consegue fazer coisas tão estranhas quanto dizer que Lula deve ser reparado por injustiça.

A ONU foi criada para evitar guerras, mas evitou muito poucas, inclusive falhando nas negociações entre Árabes e Israelenses, ou mesmo entre EUA e Rússia. Se algo foi resolvido nesse âmbito, foi feito nas negociações entre os próprios países.

Emitiu relatórios doidos no qual dizia que SP tinha 1% de todos os crimes do Mundo, ou coisas estranhas como dizer que o gelo do Himalaia desapareceria em 2035. Relatórios que eles mesmos, desmentiram posteriormente.

Além disso, colocou Venezuela e Cuba nos assentos de direitos humanos, mesmo vendo tanques atropelando manifestantes em plena luz do dia. Coloca a Arábia Saudita na comissão sobre o status da mulher, e fecha os olhos para acordos de semi-escravidão como o "Mais Médicos".

Foi incapaz de evitar um massacre dos Tutsies pelos Hutus, mesmo avisado sobre o acúmulo de armas na região.

Gosta de emitir críticas ao Brasil na questão ambiental, sendo ele um dos países mais preocupados com meio ambiente no mundo, Inclusive com legislação voltada para isso. Sua proposta com o Acordo de Paris se revela um fiasco, porque vários países, com parte de seus membros permanentes, ignoram suas determinações na limitação de carbono.

A organização vê membros avançando com a agenda ESG, para usar como cavalo de Tróia para medidas protecionistas, mas ignora o contexto fazendo fazendo coro com acusações sem base.

Então quando um petista usar a ONU para falar na injustiça com Lula, simplesmente ignore.

Faz todo o sentido eles usarem essa referência.


Compartilhe

Últimas Postagens