Cookie Consent by TermsFeed Generator

Um galhinho de Arruda

Ainda na época pela disputa  da cadeira do TCU, em uma pergunta dos meus stories, coloquei que o governo apoiaria Anastasia, e não Fernando Bezerra. Muita gente achou um absurdo, e veio no privado perguntar o motivo daquela minha especulação.

Divulgação

Um galhinho de Arruda

Por Victor Vonn Serran - 10/01/2022

Ainda na época pela disputa da cadeira do TCU, em uma pergunta dos meus stories, coloquei que o governo apoiaria Anastasia, e não Fernando Bezerra. Muita gente achou um absurdo, e veio no privado perguntar o motivo daquela minha especulação.

Meu cálculo foi simples: o filho do Senador se prepara para disputar o governo de Pernambuco, e Bezerra, apoiando Bolsonaro, começou a relaxar nas articulações para sair e entrar no palanque canhoto. Mas claro que a base do governo não daria o apoio que ele queria pela cadeira do TCU sabendo disso, então o jeito era negociar com Anastasia, no intuito de manter Katia Abreu fora. Se Katia ganhasse, a bancada dos senadores do PT aumentaria em função do suplente.

Bezerra sentiu, e com outros parlamentares do centro que querem sair do núcleo do presidente para apoiar a esquerda no Nordeste, articulou para que Ciro Nogueira pedisse verbas que ela não poderia dar das emendas a alguns políticos nordestinos que estavam insatisfeitos. Era a desculpa perfeita, mas Flávia ganhou a jogada, e passou para o presidente, que matou a charada, e a manteve no cargo, sem liberar o montante pedido.

Depois se reuniu com os líderes do Centrão da base, para explicar que sabia das intenções de alguns de apoiar a esquerda no Nordeste, mas que a escolha traria consequências, já que parte do apoio garantido pelos caciques dava essa prerrogativa.

Agora além de muitos desistirem de trocar de palanque, outros não conseguem articular mais verbas para seus currais eleitorais.

O que pouca gente sabe, é que Flávia foi escolhida para a função das emendas, por ser próxima ao presidente, em uma estratégia controlada com antecedência de manter o Centrão no cabresto, para não se aproveitar da união de conveniência com Bolsonaro.

E isso pode render um presente inesperado.

Como a Senadora se manteve fiel, Bolsonaro, pode apoiar sua candidatura ao governo do DF.

Com boas chances de vingar uma vitória.


Compartilhe

Últimas Postagens