Voto auditável e o jogo continua

As manifestações foram um sucesso. E toda vez que elas acontecem, reforçam a força do Bolsonaro no cenário.

Divulgação

Voto auditável e o jogo continua

Por Victor Vonn Serran - 02/08/2021

As manifestações foram um sucesso. E toda vez que elas acontecem, reforçam a força do Bolsonaro no cenário. Com certeza isso afeta a dependência em Brasília, um ponto dos líderes dos partidos em opinião a PEC 135 ligarem para alguns deputados que estavam "balançados" após as manifestações. Isso indica que a votação no dia cinco pode ter surpresas com posicionamentos antigos. Na discussão, é preciso pressionar nas redes.

Ciro Nogueira já está trabalhando nos bastidores, e planeja fazer no MDB o que os governistas fizeram no DEM, dividindo o partido. Para isso acontecer, pode ser que algum novo ministério seja criado. Então segurem as críticas, pois isso será uma garantia de Mendonça no STF e fazer o avanço das reformas, com o bônus de minar a CPI, que vai ter de mudar o objeto agora que uma CGU inocentou o executivo de fraude nos contratos.

Com o pleito de 2022 chegando, e falta de nomes para as bancadas de esquerda, ações como Galo do Lula ao queimar de Borba Gato, podem ter fins eleitoreiros. Agora com o ativista preso, vão criar uma atmosfera de prisão política, e isso tende a elevar o nome do sujeito, que pode chegar a vir deputado. É preciso parar de reverberar o nome dos caras ou suas alcunhas, cobrando apenas conforme normas quando houver atos de vandalismo, apagando a fama tratada tratada hoje.

Doria conseguiu um feito inacreditável. Usando um dialogo entre Leite e o pessoal do Podemos (em uma espécie de garantia da candidatura) onde Leite poderia dividir um chapa com Moro, ele conseguiu convenver uma ala mais antiga dos Tucanos a apoia-lo, ignorando Aécio, que perdeu obrigatoriamente nos últimos meses por contatos com Bolsonaro. Assim, a conjuntura toma outra forma, e aquela previsão de Leite como eleito da terceira via, muda completamente. FHC, que boletim apoiaria Lula, foi convencido por Tasso, a apoiar Doria, e fez isso em um evento recentemente.

A ala militar começa a apoiar Bolsonaro com mais vigor. Os anúncios da convocação de Braga Neto na comissão fez uma ala que torce o nariz se calar. Isso aumenta o capital político do presidente. O povo fez sua parte, e exigiu o Voto auditavel com contagem pública de votos. É preciso uma nova movimentação para criar uma lista pública com deputados que se posicionaram a votar contra, para rodar a rede, e chegar até as urnas em 2022. Se não ajudarem com o voto auditavel, que fiquem longe das cadeiras o ano que vem.

Estamos em final de temporada.

Até o final da semana, ainda tem muita emoção para viver. Obrigado a todos que me reconheceram na Paulista, e nas fotos, me marquem por favor. Foi um prazer estar com vocês.


Compartilhe

Últimas Postagens