Presidente Jair Bolsonaro envia para o Senado pedido de empréstimo externo

350 mi de euros serão emprestados pelo banco alemão para combater a COVID-19

Presidente Jair Bolsonaro envia para o Senado pedido de empréstimo externo Foto: Isac Nóbrega/Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro envia para o Senado pedido de empréstimo externo

Economia Por: Natalie Gallacci - 06/08/2021

Foi enviado nesta quarta-feira (04/08) um comunicado do Presidente Jair Bolsonaro solicitando o consentimento de um empréstimo em cerca de 350 milhões de euros do banco de desenvolvimento alemão KfW Entwicklungsbank. A quantia será investida em ações emergenciais de suporte ao povo afetado pelo COVID-19.

O dinheiro será utilizado no pagamento do auxilio emergencial e do benefício que complementa o salário dos empregados, que fecharam acordo para interrupção de contrato ou jornada reduzida no decorrer da pandemia. O Programa Emergencial de Apoio a Renda de Populações Vulneráveis Afetadas pela Covid-19 é realizado pelos ministérios da Cidadania e da Economia.

O financiamento foi permitido pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), órgão do Ministério da Economia que analisa os pedidos de empréstimos internacionais da União, de estados e de municípios. Porém, os procedimentos de crédito externo precisam do consentimento do Senado Federal para conseguirem ser efetivadas.

No decorrer da pandemia, o governo apelou para empréstimos externos para poder financiar relativamente o auxílio emergencial e outros procedimentos de alivio para o povo em situação vulnerável. No começo de fevereiro, foi aprovado pelo Senado um empréstimo de US$ 1 bilhão do Banco Mundial para o mesmo programa emergencial. Na época, o empréstimo tinha juros vinculados à Libor (taxa internacional de juros variável) de seis meses, mais 0,8% ao ano.


Compartilhe