Cookie Consent by TermsFeed Generator

Grupo CCR ganha leilão de concessão das rodovias Dutra e Rio-Santos

O leilão foi feito com critério de julgamento híbrido: pelo maior desconto nos valores dos pedágios (limitado a 15,31%) e o maior valor de outorga fixa.

Grupo CCR ganha leilão de concessão das rodovias Dutra e Rio-Santos Foto: Ministério da Infraestrutura

Grupo CCR ganha leilão de concessão das rodovias Dutra e Rio-Santos

Economia Por: Alexandre Branco - 29/10/2021

O leilão foi feito com critério de julgamento híbrido: pelo maior desconto nos valores dos pedágios (limitado a 15,31%) e o maior valor de outorga fixa. A CCR ofereceu desconto máximo, de 15,31% e outorga de R $ 1,77 bilhão. A outra concorrente que participou da disputa, o grupo EcoRodovias, ofereceu desconto de 10,6%.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a concessão de 30 anos, prevê investimentos de R $ 14,83 bilhões, custos operacionais de R $ 10,9 bilhões e geração de 218,7 mil empregos (diretos, indiretos e efeito -renda).

O trecho concedido na rodovia BR-116 (rodovia Presidente Dutra) terá 355,5 quilômetros, do entroncamento da rodovia com a BR-465, no município de Seropédica (RJ), até o entroncamento da BR-381 e a SP-015 (Marginal Tietê), na capital paulista. Já a concessão da rodovia BR-101 (Rio-Santos), terá 270,3 km: do entroncamento da rodovia com a BR-465, no município do Rio de Janeiro (bairro Campo Grande), até Ubatuba (SP).

No total, nos trechos concedidos, uma companhia vencedora do leilão deve realizar uma construção de 590,9 milhas de faixas adicionais; 25,2 km de faixas reversíveis; 46 km de barreiras antirruído; 144 km de vias marginais; 4 postos de descanso, e 129 passarelas, entre outras obras. Também está prevista a duplicação de 80,1 milhas na rodovia Rio-Santos (do km 416 ao km 496,1), o que deve ocorrer a partir do sexto ano da concessão.

Serão instaladas dez praças de pedágio nas rodovias concedidas: na BR-116, no trecho paulista, em Arujá (duas praças), Guararema, Jacareí (duas praças), e Moreira César. No trecho do Rio de Janeiro, haverá um pedágio em Itatiaia. Já na BR-101 haverá três praças: em Paraty, Mangaratiba e em Itaguaí.

Segundo previsão do valor dos pedágios divulgada pela ANTT, antes do leilão, os preços variarão de R $ 3,83, em Arujá e Guararema; a R $ 14,49, em Moreira César.

'Eu fico imaginando o que vai ocorrer daqui a poucos anos com as obras dessa concessão, quantos empregos, quantos pais de família trabalhando, quanto ao desenvolvimento. O Brasil vai ser um grande canteiro de obras porque tem hoje o maior programa de infraestrutura do mundo ', destacou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

(Agência Brasil)


Compartilhe