Próxima segunda-feira (26/07) iniciará o plano de retomada das aulas presenciais no Rio Grande do Norte

O esperado é que 35 mil alunos retornem pra as aulas presenciais.

Próxima segunda-feira (26/07) iniciará o plano de retomada das aulas presenciais no Rio Grande do Norte Foto: Sandro Menezes

Próxima segunda-feira (26/07) iniciará o plano de retomada das aulas presenciais no Rio Grande do Norte

Educação Por: Natalie Gallacci - 19/07/2021

Por conta da Pandemia, as aulas foram suspensas no dia 18 de março de 2020, mais de meses depois, somente algumas escolas privadas e poucos municípios retornaram presencial. Após a baixa taxa de transmissão, a ocupação de leitos e a vacinação dos trabalhadores da educação, o governo chegou a um acordo com a Justiça para dar inicio ao plano da retomada na rede estadual nesta segunda-feira (19/07).

O esperado é que 35 mil alunos retornem para as aulas presenciais na próxima segunda-feira (26/07) no Rio Grande do Norte.

Nesta primeira fase, os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio nas escolas estaduais. As escolas da rede pública iniciaram o programa de retomada do trabalho presencial. Entretanto, o sindicato dos trabalhadores da educação recorreram à Justiça contra o retorno e querem que os profissionais voltem somente quando a segunda dose da vacina contra a COVID-19 for aplicada. Neste final de semana, a Justiça censurou o sindicato de fazer uma greve em Natal, onde a prefeitura também decidiu iniciar a retomada das aulas.

Na manhã desta segunda-feira (19/07), as escolas estaduais retornaram o trabalho presencial apenas com professores e os outros funcionários com reunião de pais e planejamento. O estado tem 586 instituições e em torno de 220 mil alunos matriculados, entretanto, somente 35 mil retornarão durante a primeira etapa, com a presença de 33% dos estudantes por turma.

Nesta primeira etapa serão os alunos do 1º a 5º ano, e do 3º ano do ensino médio presencial. A próxima etapa, duas semanas depois, será com os alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio.


Compartilhe