Canal da Mancha tem recorde de imigrantes em um dia

Mais de 800 pessoas foram interceptadas pelas autoridades da Grã-Bretanha.

Canal da Mancha tem recorde de imigrantes em um dia Foto: Sameer Ai-Doumy/AFP

Canal da Mancha tem recorde de imigrantes em um dia

Geral Por: Natalie Gallacci - 24/08/2021

Cresceram as travessias de imigrantes no Canal da Mancha, sentido à ilha Britânica. Mais de 800 pessoas atravessaram para o estreito, entre o Reino Unido e a costa francesa, neste sábado (21/08). Os Serviços de Fronteira mencionam uma quantidade recorde de migrantes em apenas um dia. No meio de novas políticas para desanimar a ida de mais pessoas, encontram-se formas de acolher refugiados afegãos.

Ao todo, 828 pessoas realizavam a travessia em 30 pequenos barcos no momento em que as autoridades da Grã-Bretanha os interromperam. Os serviços franceses interceptaram mais 193 migrantes que cruzavam em 10 barcos, sentido ao Reino Unido também. Mais 592 pessoas tiveram sua viagem interrompida no dia 12 de agosto.

Já foram calculados 1.500 migrantes que realizaram a travessia, em 2021. "Essas travessias perigosas de países seguros da União Europeia são completamente desnecessárias, e estamos determinados a combater as gangs criminosas que estão por trás delas", declarou o comandante responsável pela ameaça clandestina no Canal da Mancha, Dan O'Mahoney. As autoridades atribuem o evento às ligações de tráfico humano.

Colaborações estão sendo elaboradas entre as organizações marítimas dos dois países para combater "travessias perigosas". Os governos de Londres e Paris acertaram em acrescentar mais rondas nas praias francesas, tal como custear instrumentos tecnológicos para aprimorar o patrulhamento e compartilha informações com a finalidade de identificar as redes criminosas.

Diversas ações estão sendo debatidas para desencorajar a chegada de mais migrantes. Se autorizado, O Projeto de Lei de Nacionalidade e Fronteiras penaliza quem entrar No Reino Unido ilegalmente. Migrantes que forem pegos, podem pegar pena de até quatro anos de prisão. Entidades governamentais de suporte aos migrantes pedem ao governo para produzir caminhos seguros e novas normas para quem pede abrigo.

No meio das políticas para controlar as travessias de migrantes, encontra-se o Programa de Realojamento para autorizar que 5 mil afegãos sejam recebidos pelo Reino Unido. Ao longo do tempo, vão ser 20 mil. Após o processo de Realojamento de Pessoas Vulneráveis da Síria, na qual a Grã-Bretanha consentiu acolher ao menos 20 mil pessoas, o novo cenário em terras afegãs traz para a ilha novos refugiados que se encontram em risco por conta do governo talibã.

A preferência são crianças e mulheres, tal como minorias e pessoas perseguidas por seguirem diferentes religiões. Intérpretes, suas famílias e ex-funcionários que atuam para o Reino Unido no Afeganistão já estão sendo realojados em território britânico. Até dezembro, 5 mil pessoas vão ser incluídas no projeto.


Compartilhe