Presidente dos EUA se encontra com líderes mundiais para discutir mudanças climáticas

No final deste ano ocorrerá uma cúpula global

Presidente dos EUA se encontra com líderes mundiais para discutir mudanças climáticas Foto: Reuters/Kelvin Lamarque/Direitos Reservados

Presidente dos EUA se encontra com líderes mundiais para discutir mudanças climáticas

Geral Por: Natalie Gallacci - 18/09/2021

Nesta sexta-feira (17/09) Joe Biden, presidente dos Estados Unidos se encontrou com os líderes mundiais para discutir o aumento dos cuidados para combater às mudanças climáticas. O intuito é se planejar para uma cúpula global até o final deste ano, a respeito do aquecimento global.

O presidente executará na Casa Branca uma reunião virtual do Fórum das Grandes Economias (MEF), uma continuidade da reunião do Dia da Terra, que ocorreu em abril, para exibir novas metas de diminuição de emissões de fases de efeito estufa e incentivar outros países a realizarem mais para controlar as suas.

Biden salientou a mudança climática inúmeras vezes nos últimos dias, por conta dos estragos feitos por incêndios florestais e inundações destruidoras nos EUA. Debater sobre o tema é uma de suas principais prioridades domésticas e internacionais. A Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP26) na cidade de Glasgow, na Escócia, do dia 31 de outubro até 12 de novembro, é observada como uma situação de emergência para o mundo se comprometer a exercer mais para impedir o aumento do clima. O presidente pretende reunir grandes poluidores para fazer a COP26 ter mais êxito.

Não foi comunicado o nome dos países que participaram da reunião nesta sexta-feira (17/09). A reunião de abril abrange comentários do presidente russo, Vladimir Putin, da chanceler alemã, Angela Merkel, do presidente chinês, Xi Jinping, entre outros líderes globais. Entre esses dias, a Casa Branca comunicou que o presidente pretende utilizar o MEF, após a cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU), para prosseguir pressionando por mudanças em favor do clima. Segundo o comunicado da Casa Branca, "O presidente delineará planos para alavancar o MEF pós-Glasgow como plataforma de esforços coletivos concretos de escalada da ação climática ao longo desta década decisiva."

Foi comunicado por Joe Biden em abril também, uma nova meta para diminuir as emissões de gases de efeito estufa dos EUA em 50%-52% até o ano de 2030, em relação com os níveis do ano de 2005.


Compartilhe