Tenista desaparece após acusar ex-governante chinês de estupro

Shuai Peng denunciou Zhang Gaoli por meio de uma rede social.

Tenista desaparece após acusar ex-governante chinês de estupro Foto: Reprodução GE

Tenista desaparece após acusar ex-governante chinês de estupro

Geral Por: Thiago Silva - 12/11/2021

A tenista Shuai Peng, de 35 anos, desapareceu uma semana após acusar o ex-vice-primeiro-ministro da China, Zhang Gaoli, de crimes sexuais cometidos contra ela.

O sumiço da atleta foi noticiado pelo jornal francês Le Monde. Segundo o periódico, há a possibilidade de a ex-líder do ranking de duplas da WTA (Associação de Tênis Feminino) ter fugido para os Estados Unidos.

“As acusações de estupro afetam pela primeira vez um líder tão importante dentro do governo chinês. Mas o silêncio da jovem, desde que o caso foi tornado público, aumenta o temor do que pode ter acontecido com ela”, escreveu a correspondente do Le Monde em Xangai, Simon Leplâtre.

A denúncia de estupro foi feita pela atleta por meio de um depoimento na Weibo, rede social que equivale ao Twitter para os chineses. Na ocasião, Peng reconheceu não ter evidências que comprovassem o crime.

A denúncia foi noticiada pela jornalista japonesa Emily Peng, correspondente da emissora TV NPR em Pequim. Vinte minutos após a publicação, o conteúdo foi removido.

(Informações do PN)


Compartilhe