Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

TCU identifica 350 mil pessoas que receberam auxílio irregularmente

O Tribunal de Contas da União (TCU) informou que uma auditoria identificou indícios de recebimento indevido do Auxílio Emergencial por 350 mil pessoas.

TCU identifica 350 mil pessoas que receberam auxílio irregularmente Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

TCU identifica 350 mil pessoas que receberam auxílio irregularmente

Geral Por: Alexandre Branco - 06/12/2021

O Tribunal de Contas da União (TCU) informou que uma auditoria identificou indícios de recebimento indevido do Auxílio Emergencial por 350 mil pessoas. O valor pago é estimado em R $ 100 milhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (6), por meio do acórdão da auditoria.

Ao analisar a folha de pagamento de abril a julho deste ano, a equipe de fiscalização encontrou casos de beneficiários que receberam o auxílio e possuíam emprego formal em órgão público; que recebiam algum benefício da Previdência Social; outro tipo de auxílio do governo, além de acordos envolvendo e pessoas com CPF irregular.

A partir de agora, os órgãos responsáveis ​​pelo repasse serão comunicados para revisar os cadastros de benefícios. O pagamento do auxílio foi encerrado no mês passado, quando os inscritos no CadÚnico foram transferidos para o Auxílio Brasil, novo programa social do governo federal.

Na semana passada, o Ministério da Cidadania começou a enviar mensagens de celular orientando a devolução voluntária de recursos recebidos indevidamente do auxílio emergencial. Foi o terceiro lote a ser enviado este ano e 625 mil pessoas receberão.

(Com informações da Agência Brasil)


Compartilhe