Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Senado aprova reconhecimento do Holodomor como genocídio contra ucranianos

Ação causada pelos comunistas causou a morte de milhões de ucranianos.

Senado aprova reconhecimento do Holodomor como genocídio contra ucranianos Foto: Agência Senado

Senado aprova reconhecimento do Holodomor como genocídio contra ucranianos

Geral Por: Thiago Silva - 28/04/2022

O Senado Brasileiro aprovou o Projeto de Lei n° 423, de 2022 que reconhece oficialmente o Holodomor como genocídio contra o povo ucraniano. Aprovado em votação simbólica, a proposta do senador Alvaro Dias (Podemos-PR) segue agora para análise da Câmara. O projeto também institui o quarto sábado de novembro como Dia de Memória às Vítimas do Holodomor.

Holodomor é o nome pelo qual ficou conhecido o período de fome que resultou na morte de milhões de camponeses, na grande maioria ucranianos, nos anos de 1930. O termo significa “matar pela fome”. Segundo estimativas, o número de vítimas ultrapassa a casa dos 4 milhões.

O autor da proposição, senador Alvaro Dias (Podemos-PR), aponta que o então governo soviético adotou uma política de coletivização de terras e requisição compulsória de grãos e cereais. À época, a Ucrânia foi obrigada a contribuir desproporcionalmente com sua produção, o que levou à desorganização do ciclo produtivo, causando grave fome e busca pelo êxodo.

Segundo a Agência Senado, ao menos 16 países já reconheceram o Holodomor como um genocídio. O Brasil possui a maior comunidade ucraniana da América Latina, atualmente com cerca de 500 a 600 mil imigrantes.


Compartilhe