Restauração florestal é feita pela Fundação Renova

Ação aborda áreas atingidas pelo rompimento da Barragem do Fundão

Restauração florestal é feita pela Fundação Renova Foto: Adriano Gambarini / WWF-Brasil

Restauração florestal é feita pela Fundação Renova

Geral Por: Natalie Gallacci - 05/07/2021

Ação está ocorrendo em área atingidas por depósitos de rejeitos após o rompimento da Barragem do Fundão no subdistrito de Bento Rodrigues, na cidade de Mariana em Minas Gerais.

No primeiro semestre do ano foi concluída a primeira restauração. Cerca de R$356 milhões já foram designados para a reparação de 550 hectares de florestas e as Áreas de Preservação Permanente (APPs) que ficam nos locais que sofreram o impacto ambiental do rompimento ocorrido em 2015, que são: Mariana, Rio Doce, Ponte Nova(Alto Rio Doce), Barra Longe e Santa Cruz do Escalvado.

Segundo a Fundação Renova,  202 propriedades rurais impactadas foram trabalhadas. Totalizando 300 mil mudas e 96 espécies nativas.

A restauração teve início em 2015 e 2016, para o controle de erosão, tendo plantio emergencial de 800 hectares de rápido crescimento. Regularizando as calhas, margens e planícies, fora a realização da composição da mata ciliar, que é fundamental para a qualidade dos cursos d’água.

Após a finalização da restauração florestal, a Fundação Renova irá protocolar os resultados no Comitê Interfederativo e a Câmara Técnica de Restauração Florestal e Produção de Água (CTflor).


Compartilhe