Fábrica de pastilhas explode no Rio de Janeiro e deixa cinco feridos

O efeito da explosão tombou o muro de um condomínio ao lado da fábrica e a onda de choque quebrou janelas de alguns prédios.

Fábrica de pastilhas explode no Rio de Janeiro e deixa cinco feridos Foto: Brenno Carvalho / Agência O Globo

Fábrica de pastilhas explode no Rio de Janeiro e deixa cinco feridos

Geral Por: Natalie Gallacci - 08/09/2021

Nesta terça-feira (07/09), aconteceu uma explosão em uma fábrica de Pastilhas Valda, em Gardênia Azul, na zona oeste do Rio de Janeiro, deixando cinco feridos. Conforme comunicou o Corpo de Bombeiros, o quartel da Barra da Tijuca foi acionado às 16h25 da tarde, para atender a explosão na Avenida Canal do Anil, 1263.

Sem ter a necessidade de ir para o hospital, os bombeiros socorreram cinco vítimas com ferimentos leves, finalizando seu trabalho de rescaldo às 18h52. Imagens divulgadas pela empresa exibem que o efeito da explosão tombou o muro de um condomínio ao lado da fábrica e a onda de choque quebrou janelas de alguns prédios. Foi comprovado estragos em torno de 20 apartamentos, mas sem que os moradores precisassem sair de suas casas, de acordo com a Defesa Civil Municipal, que fez a inspeção no local.

Segundo a Secretaria de Ordem Pública (Seop): “O deslocamento de ar causou alguns danos (como janelas, grades e eletrodomésticos quebrados) em 20 apartamentos do bloco 2 do Condomínio Cores da Mata, ao lado da fábrica, mas sem causar comprometimento estrutural, de acordo com os técnicos. Não foram feitas interdições no condomínio e os apartamentos já foram liberados para os moradores. O setor de caldeira da fábrica foi interditado.”

Foi comunicado com a Polícia Civil comunicou que a 32ª Delegacia de Polícia de Taquara iniciou uma investigação para averiguar o caso. “A perícia foi realizada no local e os agentes aguardam o resultado do laudo para esclarecer as causas da explosão. Testemunhas e responsáveis pela empresa também serão ouvidos”, declara o comunicado.


Compartilhe