Com a queda de temperatura, São Paulo expande estrutura para abrigar moradores de rua

A previsão é que as temperaturas atinjam 3°C.

Com a queda de temperatura, São Paulo expande estrutura para abrigar moradores de rua Foto: FELIPE SOUZA/ BBC NEWS BRASIL

Com a queda de temperatura, São Paulo expande estrutura para abrigar moradores de rua

Geral Por: Natalie Gallacci - 28/07/2021

Com a chegada de mais uma frente fria, São Paulo terá novos recordes de baixa temperatura nos dias que virão, segundo o alerta do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), a previsão é que, na madrugada desta sexta-feira (30), a mínima seja em cerca de 3°C. Uma das maiores preocupações da cidade é abrigar cerca de 25 mil moradores de rua na capital, de acordo com ceso de 2019. Uma pesquisa realizada pelo Movimento Nacional da População de Rua indica que no mínimo 14 pessoas faleceram por consequência do frio em 2021.

Foi informado pela prefeitura que será realizado uma força-tarefa para fortalecer a rede de apoio a essa população. A partir de hoje (28/07), cinco tendas serão montadas em lugares estratégicos, lá será distribuído sopas, kits de higiene, agasalhos e cobertores. Os locais das tendas serão: Praça Princesa Isabel e Praça da Sé, na área central; Praça Salim Farah Maluf, em Santo Amaro; Praça Miguel Dell’erba, na Lapa; e Praça Barão de Tietê, na Mooca.

Uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, as equipes do Programa Consultório na Rua, estarão disponíveis para eventuais atendimentos médicos nas tendas. Também haverá transporte para transportar as pessoas que quiserem passar a noite nos centros oferecidos pela prefeitura.

Foram feitas mais 817 vagas emergenciais em abrigos, que estarão disponíveis a partir de hoje, essas vagas se acrescentam junto às 344 já existentes, através da Operação Baixas Temperaturas. Parte das novas vagas (237), são em camas de hotéis no centro da cidade, uma requisição das organizações que acompanham os moradores de rua.

É ressaltado pela prefeitura que a população pode pedir uma aproximação social pela Central 156 (ligação gratuita nas opções 0 e em seguida 3), podendo ser feito anônimo, porém, necessário informar características físicas, vestimentas e onde o morador de rua está. O Plano de Contingência para Situações de Baixas Temperaturas segue vigente até 30 de setembro deste ano, a medida é tomada quando a temperatura alcança 13°C ou sensação térmica similar. De acordo com a prefeitura, foram acolhidos 5,3 mil moradores de rua nas madrugadas de maio, 5,4 mil em junho e 4,7 mil até 25 de julho.

Clima

A partir de hoje (28/07), as temperaturas cairão em consequência com a chegada de uma frente fria, causando nebulosidade e chuva. Há previsão de raios e rajadas de vento, aumentando a probabilidade de quedas de árvores e alagamentos, a máxima não passará de 16°C. Nesta quinta-feira (29/07). Chegará uma grande massa de ar polar, na qual também causará chuva, os termômetros diferenciam entre 6ºC 3 12ºC. as simulações do CGE apresentam a mínima de 3ºC na madrugada desta sexta-feira (30/07), a máxima desse dia será 13ºC.


Compartilhe