Projeto transporta outros três carros do antigo Trem Ouro Verde para Sorocaba

Em uma operação logística que levou três dias, outros três carros de passageiros do projeto EFS Ouro Verde 80 Anos foram transportados para Sorocaba com o objetivo de sediar as ações do projeto EFS Ouro Verde 80 Anos.

Projeto transporta outros três carros do antigo Trem Ouro Verde para Sorocaba Foto: Divulgação

Projeto transporta outros três carros do antigo Trem Ouro Verde para Sorocaba

Geral Por: Alexandre Branco - 12/10/2021

Em uma operação logística que levou três dias, outros três carros de passageiros do projeto EFS Ouro Verde 80 Anos foram transportados para Sorocaba com o objetivo de sediar as ações do projeto EFS Ouro Verde 80 Anos. A ação, da Sorocabana - Movimento de Preservação Ferroviária, é viabilizada por intermédio do Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo (ProAC ICMS) com apoio das empresas Votorantim Cimentos, Sorocaba Refrescos, Rumo Logística e Unniroyal.

O projeto objetiva o resgate de cinco carros de passageiros construídos na Alemanha, em 1937, pela Linke-Hofmann-Werke, e que compunham o mais famoso trem da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), o primeiro da companhia a ser construído em aço e responsável pela ligação ferroviária entre São Paulo, Sorocaba e Assis, chegando posteriormente a Presidente Epitácio.

Desta vez, a operação consistiu no içamento, transporte por via rodoviária e descarregamento em Sorocaba dos carros Dormitório-Salão BDL-202 e 2ª Classe C-206, então abandonados em Botucatu/SP; e do carro Restaurante R-201, situado em Ribeirão Preto/SP, todos doados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Anteriormente já haviam sido transportados os veículos Bagagem-Correio EF-201 e o carro de 1ª Classe B-202, igualmente cedidos pela União. Desta forma, o icônico Trem Ouro Verde está novamente reunido em Sorocaba, quase 60 anos após sua desativação, para sua preservação definitiva como patrimônio histórico da ferrovia brasileira e da indústria ferroviária mundial.

A operação de descarregamento em Sorocaba contou com apoio da Urbes - Trânsito e Transportes.

Exposição

Após trabalhos de higienização e estabilização de corrosões, os cinco carros serão utilizados como espaço de uma exposição temporária e ação de educação patrimonial no Centro de Memória Ferroviária de Sorocaba/SP, na Estação Paula Souza, em alusão à história do Trem Ouro Verde e da ligação ferroviária de passageiros no Estado de São Paulo. O projeto contempla, ainda, a digitalização de 1,2 mil desenhos técnicos fornecidos pela indústria ferroviária alemã à Estrada de Ferro Sorocabana quando da aquisição do trem e que subsidiarão, além da mostra temporária, futuros projetos de restauração dos cinco veículos.

Pelo valor tecnológico, cultural e social do Trem Ouro Verde para a história da ferrovia em São Paulo, as ações foram submetidas ao Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat), que autorizou as operações logísticas e a realização do projeto.


Compartilhe