Polícia Civil cumpre mandados de busca, e mira grupo dos falsos leilões virtuais

Golpes praticados em todo Brasil e na região de Presidente Prudente era organizado por integrantes da capital e Grande São Paulo (Mauá e Santo André)

Polícia Civil cumpre mandados de busca, e mira grupo dos falsos leilões virtuais Foto: Divulgação Polícia civil

Polícia Civil cumpre mandados de busca, e mira grupo dos falsos leilões virtuais

Polícia Por: Thiago Silva - 28/10/2021

A Polícia Civil deflagrou nesta ultima quarta-feira (27), a Operação Arcádia, que visa desmantelar uma organização criminosa especializada na aplicação de golpes cibernéticos, na modalidade de falsos leilões virtuais.

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Mauá e São Paulo, e tiveram como alvos os líderes da organização criminosa, que além de elaborar falsos sites eletrônicos de supostas leiloeiras virtuais, o que possibilitava a obtenção do dinheiro das vítimas, diluía os valores financeiros em uma série de contas de terceiros e laranjas do engendramento criminoso.

Mais de 20 vítimas da organização criminosa foram identificadas em todo o Estado de São Paulo, o que perfaz um total mínimo de R$ 2 milhões em prejuízo estimado aos cidadãos.

Com a presente operação, sob responsabilidade da DPM de Pirapozinho e da Unidade de Inteligência do próprio Deinter-8 e que contou com a participação de aproximadamente 40 policiais civis do DEINTER-8 e da divisões de Capturas do DOPE, uma série de documentos físicos e digitais foram apreendidos, e possibilitarão a cabal responsabilização dos envolvidos, inclusive pelos crimes cometidos em outras localidades (o que será formalmente relatado às diversas Unidades de Polícia Judiciária – Delegacias de Polícia Civil - através de informes de inteligência a serem expedidos pelos responsáveis pela presente operação, inclusive a título de provas emprestadas/compartilhadas com a devida autorização judicial).

Os investigados foram encaminhados a sede do DOPE onde serão interrogados. Uma mulher permanecerá presa, esta por flagrante delito.

Segundo o delegado de polícia que preside o Inquérito Policial da Operação Arcádia, Dr. Rafael Guerreiro Galvão, além de conseguir fazer cessar a atividade criminosa com a apreensão de seus instrumentos de trabalho, a operação é importante, pois poderá, inclusive, subsidiar uma série de outros procedimentos criminais correlatos, relacionados às mais de 20 outras vítimas da organização criminosa em questão, além de possibilitar parcial recuperação do dinheiro perdido nos golpes dos quais foram vítimas.


Compartilhe