Cookie Consent by TermsFeed Generator

Acusados de matar menina em Araçariguama são condenados a 36 anos de prisão

Júri realizado na comarca de São Roque condenou, na noite desta terça-feira (9), dois acusados de sequestrar e matar menina de 12 anos na cidade de Araçariguama.

Acusados de matar menina em Araçariguama são condenados a 36 anos de prisão Foto: Reprodução / Redes Sociais

Acusados de matar menina em Araçariguama são condenados a 36 anos de prisão

Polícia Por: Alexandre Branco - 10/11/2021

Júri realizado na comarca de São Roque condenou, na noite desta terça-feira (9), dois acusados de sequestrar e matar menina de 12 anos na cidade de Araçariguama.

O casal Bruno Oliveira e Mayara Abrantes tiveram participação no assassinato de Vitória Gabrielly, em 2018.

O homem foi sentenciado a 36 anos e três meses de reclusão e a mulher a 36 anos de reclusão, ambos em regime inicial fechado.

Consta nos autos que os réus e um terceiro comparsa sequestraram a menina, que andava de patins em frente a um ginásio, e em seguida a mataram e ocultaram o cadáver. O trio teria confundido a adolescente com a irmã de um rapaz que possuía dívidas de drogas. O terceiro acusado foi condenado em júri realizado em 2019.

Os jurados reconheceram a materialidade e a autoria do crime contra a vida, sequestro e ocultação de cadáver, bem como as qualificadoras do homicídio - motivo torpe, meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e assegurar a ocultação e impunidade de outro crime.

Na sentença, o juiz Flavio Roberto de Carvalho destacou a postura dos réus, que aceitaram o sequestro de uma criança como pagamento de dívida de drogas e, mesmo cientes de que houvera um engano, cometeram o homicídio.

Os réus não poderão recorrer em liberdade.

(Com informações do TJSP)


Compartilhe