Cookie Consent by TermsFeed Generator

Adolescente acusado de homicídio é apreendido pela polícia de Presidente Epitácio.

O adolescente infrator se apresentou dias após o crime em uma repartição pública municipal na cidade de Presidente Venceslau.

Adolescente acusado de homicídio é apreendido pela polícia de Presidente Epitácio. Foto: Divulgação Polícia Civil

Adolescente acusado de homicídio é apreendido pela polícia de Presidente Epitácio.

Polícia Por: Thiago Silva - 19/11/2021

Na ultima terça-feira (16), por volta das 22h, em uma edícula no Jardim dos Pioneiros, em Presidente Epitácio, o adolescente infrator de 16 anos efetuou a venda de droga para a vítima, também adolescente de 15 anos.

No local fizeram uso do entorpecente sendo que em dado momento se desentenderam, oportunidade em que o adolescente infrator de posse de um revólver do calibre 38, que havia sido furtado dias antes pelo próprio adolescente, efetuou um disparo em direção ao rosto da vítima que não resistiu ao ferimento e veio a óbito.

Logo de imediato se iniciaram diligências visando localizar o adolescente, o qual se encontrava foragido tendo sido representado por sua internação provisória, a qual foi deferido pelo Juízo da Vara da Infância e Juventude de Presidente Epitácio.

Na tarde de quinta-feira (18), o adolescente infrator se apresentou em uma repartição pública municipal na cidade de Presidente Venceslau, sendo acionados policiais civis daquela cidade que procederam sua apreensão e o conduziram até o Plantão Policial para as providências legais relativas ao cumprimento da guia de internação.

Em sua versão o adolescente confessou a autoria do disparo que atingiu a vítima, alegando que o fato ocorreu em razão de um desentendimento entre ambos, que chegaram a trocar agressões mútuas antes do disparo que vitimou o adolescente.

Sobre a arma de fogo utilizada no ato infracional o adolescente alegou que teria jogado fora às margens da rodovia Raposo Tavares, indicando o local aproximado onde isso teria ocorrido. Diligências foram efetuadas no local, contudo a arma não foi localizada. O adolescente será encaminhado a Fundação Casa de Irapuru onde ficará a disposição da Justiça.


Compartilhe