Projeto Revelação: Policia Civil prendeu três homens em flagrante.

Mais seis foram levado à delegacia para prestarem esclarecimentos.

Projeto Revelação: Policia Civil prendeu três homens em flagrante. Foto: Tânia Rego / Agência Brasil

Projeto Revelação: Policia Civil prendeu três homens em flagrante.

Polícia Por: Natalie Gallacci - 08/07/2021

Foi realizado na manhã desta quinta-feira (08/07) a 6ª fase da Operação Revelação, que tem como propósito cumprir nove mandatos de busca e apreensão para encontrar suspeitos de compartilhar e armazenar conteúdo de com pornografia infanto-juvenil, no Rio de Janeiro. Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Niterói, junto com outras delegacias cumpriram os mandatos nas cidades de: São Gonçalo, Niterói, Cachoeiras de Macacu e Tanguá.

Três homens foram presos em flagrante, armazenando materiais com temas de pornografia, já outros seis foram conduzidos à delegacia para prestarem seus esclarecimentos e em seguida vão ser liberados. Foi apreendido celulares, computadores, e fotografias. De acordo com a delegada e diretora da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente Niterói (DPCA), Carnina Bastos, "As investigações apontaram que os suspeitos são responsáveis por efetuar o download e upload de centenas de materiais digitais, tais como fotos e vídeos com imagens de crianças com meses de idade até adolescentes praticando ativamente e/ou passivamente cenas de sexo." Ela esclarece também que criminosos que contem este tipo de material com pornografia infanto-juvenil não tem uma idade ou perfil específico e ressalta a importância de explicar que somente o fato de baixar este tipo de material já é crime, não somente quem faz o vídeo que esta cometendo a violação.

Lembrando que segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, disponibilizar, trocar, distribuir, publicar, divulgar tanto pela informática quanto telemático os vídeos que contenham este tipo de conteúdo pode ser preso. A pena varia de três a seis anos de prisão e multa.


Compartilhe