Jair Bolsonaro esta entre PTB e o PP para se filiar e disputar as eleições de 2022

As duas siglas seguem sendo as mais cotadas para ser o novo partido do presidente.

Jair Bolsonaro esta entre PTB e o PP para se filiar e disputar as eleições de 2022 Foto: Reprodução Folha Rondoniense.

Jair Bolsonaro esta entre PTB e o PP para se filiar e disputar as eleições de 2022

Política Por: Thiago Silva - 08/10/2021

Partido Progressista (PP) e Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) estão no topo da lista de preferência do presidente Jair Bolsonaro, que segue em busca de uma sigla ideal para uma disputa das eleições de 2022, os acenos simpáticos já vem sendo dados a um bom tempo e ambos partidos se mantém otimistas com a decisão final do presidente.

Partido Progressista (PP)

O deputado federal André Fufuca, que está presidindo interinamente o PP, revelou que a filiação de Jair Bolsonaro no partido esta “99%” confirmada, faltando apenas alguns detalhes, e que o presidente não pediu o comando do partido em troca da filiação, mas apenas solicitou que tenha o direito de escolher candidatos ao senado em determinados estados.

Ainda de acordo com Fufuca, se confirmada a filiação, todos os integrantes da sigla devem apoiar o presidente nas próximas eleições, o assunto inclusive já vem sendo debatido pelos diretórios do partido.

“As  conversas estão boas, estão avançando bem. Muito poucos estados são contra, mas nada de mais. E nós estaremos 100% alinhados com ele. Todo mundo vai ter que apoiar”, afirmou o parlamentar que está no comando do partido desde que Ciro Nogueira assumiu a Casa Civil.

Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)

Por outro lado, o PTB tem o sonho antigo de ver Jair Bolsonaro na sigla, antes de ser preso Roberto Jefferson já iniciava campanhas para trazer o presidente ao seu lado. Recentemente como possível forma de atrair o presidente, o partido divulgou a expulsão dos nomes da ex-deputada Cristiane Brasil, filha de Jefferson, o jornalista Oswaldo Eustáquio e o pastor Fadi Faraj, todos, segundo o partido, expulsos por divergências internas.

A vice-presidente do PTB, Graciela Nienov que preside o partido interinamente na ausência de Jefferson, reuniu-se na última semana com os 26 presidentes dos diretórios estaduais e juntos redigiram um documento assinado por todos os presentes para formalizar um convite ao presidente Bolsonaro.

Em nota divulgada nesta sexta (8), o partido informou que “está unido, forte, robusto” e pronto para receber Bolsonaro.

“Os membros da Executiva Nacional do PTB e os presidentes estaduais do PTB decidiram sinalizar ao presidente da República que o partido é a verdadeira casa do conservador brasileiro, e está projetado para receber como membros os seus descendentes, em especial aqueles retornaram à antiga morada”, informou o partido.

Na nota o PTB ainda afirma que o “legado cristão é a força motriz da nossa sigla”, e que assim como o presidente, tem como valores inegociáveis ​​a defesa da pátria, família, democracia, liberdade e Deus.

“A garra dos petebistas, a união de ideias e a lealdade seguirão ombro a ombro com vossa excelência nas trincheiras eleitorais para a sua recondução honrosa ao Palácio do Planalto”, finaliza a nota.

Apesar das concessões dos partidos, o presidente Jair Bolsonaro ainda não fez a sua escolha e segue analisando as possibilidades.


Compartilhe