Bolsonaro relata possível chantagem para abrir mão de Mendonça no STF

Presidente não deu detalhes sobre quem está fazendo ou como estão sendo estas chantagens.

Bolsonaro relata possível chantagem para abrir mão de Mendonça no STF Foto: Reprodução Diário de Pernambuco

Bolsonaro relata possível chantagem para abrir mão de Mendonça no STF

Política Por: Thiago Silva - 10/10/2021

Em evento que participou em Campinas SP, na última sexta-feira (8), o presidente Bolsonaro relatou que sofreu chantagens para que ele abrisse mão da indicação do ex-advogado geral da união, André Mendonça, para o STF.

Apesar da revelação, o presidente não deu mais detalhes de quem está fazendo ou como estão sendo feitas essas chantagens.

“Como temos um problema sério pela frente agora, que eu indiquei um excepcional jurista, que é evangélico também, para o Supremo, e tem correntes que não quer ele lá, quer impor. Eles dizem (A gente resolve CPI, a gente resolve tudo, me dê a vaga do STF)”, comentou o presidente.

O ex-advogado André Mendonça, foi indicado no dia 13 de julho deste ano para a vaga do STF que foi deixada por Marco Aurélio Mello, e aguarda a quase três meses que o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do senado, maque a sabatina que até o momento é incerta.

Davi Alcolumbre por sua vez fala em consenso interno para a aprovação de Mendonça, seguindo os ritos constitucionais, Mendonça precisa do voto de 41 dos 81 senadores para ser aprovado para a corte.


Compartilhe