Presidente de Portugal antecipa eleições no país.

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou a medida por meio de um pronunciamento oficial realizado nesta quinta-feira (4).

Presidente de Portugal antecipa eleições no país. Foto: Reprodução RTP

Presidente de Portugal antecipa eleições no país.

Política Por: Thiago Silva - 05/11/2021

O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza (PSD), anunciou nesta quinta-feira (4), que irá dissolver o Parlamento e antecipar as eleições para o dia 30 de janeiro de 2022, tendo como objetivo a tentativa de resolver a crise política causada pela rejeição do orçamento geral do país.

“Uma semana e um dia após a rejeição do orçamento de 2022, decidi dissolver a Assembleia da República e convocar eleições para 30 de janeiro de 2022”, disse Rebelo de Sousa.

O presidente português optou pela medida após se aconselhar com diversos agentes políticos do país na ultima semana.

Rebelo defende que “faz parte da própria vida da democracia devolver a palavra ao povo”. Para ele, a decisão de antecipar essas eleições é a “melhor maneira” diante de soluções alternativas, como apresentar um novo orçamento ou manter o de 2021 em vigor.

Ainda segundo Rebelo, o orçamento de 2022 foi “especialmente importante num momento especialmente importante” para o país. Ele também ressaltou que a crise está ocorrendo em um momento de recuperação na luta contra a pandemia de Covid-19 e com os fundos europeus do Plano de Recuperação pela frente.

Rebelo de Sousa justificou a escolha de 30 de janeiro como a data para a votação, considerando que a campanha e os debates eleitorais não deveriam ser realizados durante o período natalino.


Compartilhe