Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Liderados por Randolfe, oposição entrega requerimento de abertura da CPI do MEC.

Veja quem são os signatários da CPI que estão em conluio contra o Governo Federal.

Liderados por Randolfe, oposição entrega requerimento de abertura da CPI do MEC. Foto: Estado de Minas

Liderados por Randolfe, oposição entrega requerimento de abertura da CPI do MEC.

Política Por: Thiago Silva - 28/06/2022

Nesta terça-feira (28), a oposição do governo no Congresso, obviamente encabeçada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), protocolou o requerimento de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do MEC. A expectativa dos signatários é de que a leitura do pedido no Senado ocorra nesta quarta (29).

Para abertura de uma CPI no Senado são necessárias 27 assinaturas. Na última sexta-feira (24), Randolfe informou que esperaria ter no mínimo 30 assinaturas para protocolar o requerimento. Desta forma, segundo ele, a comissão teria mais robustez para realizar a oitiva.

Alcançado seu objetivo, o senador deu declarações no início da tarde e apresentou o requerimento à Mesa Diretora do Senado.

“Em decorrência da prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro conseguimos, finalmente, as assinaturas que restavam para protocolar o pedido” disse Randolfe.

De acordo com essa oposição, o objetivo da comissão é investigar o suposto “gabinete paralelo” no Ministério da Educação (MEC) comandado pelo ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. A CPI do MEC começou a circular entre a oposição em março, mas ganhou força após a prisão do ex-ministro da Educação.

Veja abaixo os signatários da CPI que estão em conluio contra o Governo Federal.

Randolfe Rodrigues (Rede-AP) — autor;

Paulo Paim (PT-RS);

Humberto Costa (PT-PE);

Fabiano Contarato (PT-ES);

Jorge Kajuru (Pode-GO);

Zenaide Maia (Pros-RN);

Paulo Rocha (PT-PA);

Omar Aziz (PSD-AM);

Rogério Carvalho (PT-SE);

Reguffe (União Brasil-DF);

Leila Barros (PDT-DF);

Jean Paul Prates (PT-RN);

Jaques Wagner (PT-BA);

Eliziane Gama (Cidadania-MA);

Mara Gabrilli (PSDB-SP);

Nilda Gondim (MDB-PB);

Veneziano Vital do Rego (MDB-PB);

José Serra (PSDB-SP);

Eduardo Braga (MDB-AM);

Tasso Jereissati (PSDB-CE);

Cid Gomes (PDT-CE);

Alessandro Vieira (PSDB-SE);

Dario Berger (PSB-SC);

Simone Tebet (MDB-MS);

Soraya Thronicke (União Brasil-MS);

Rafael Tenório (MDB-AL);

Izalci Lucas (PSDB-DF);

Giordano (MDB-SP);

Marcelo Castro (MDB-PI);

Confúcio Moura (MDB-RO).


Compartilhe