Deputado Danilo Balas pede construção de viaduto em Tatuí

Moradores de três bairros da cidade de Tatuí foram prejudicados após a duplicação da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127).

Deputado Danilo Balas pede construção de viaduto em Tatuí Foto: Assessoria Danilo Balas

Deputado Danilo Balas pede construção de viaduto em Tatuí

Política Por: Alexandre Branco - 13/07/2021

Moradores de três bairros da cidade de Tatuí foram prejudicados após a duplicação da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127). Após a nova configuração da pista, os moradores que residem nos bairros de Santa Adelaide, Jurumirim e Enxovia ficaram isolados e com o direito de ir e vir prejudicado, pois não conseguem seguir diretamente ao centro de Tatuí. Agora, para que a população local, comerciantes, produtores rurais, estudantes e outra pessoas e profissionais cheguem ao outro lado da cidade, os veículos precisam acessar a rodovia e pagar pedágio de R$ 11,40.

Preocupado com a situação dos tatuianos, o deputado estadual Agente Federal Danilo Balas protocolou na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) a Indicação nº 1.890/2021, para pedir ao Governo do Estado de São Paulo a imediata construção de uma passagem provisória que ligue os bairros ao centro de Tatuí.

O parlamentar solicita, ainda, que posteriormente o Estado construa um viaduto. Na justificativa da proposta, o Danilo Balas informa que o percurso da rodovia e, principalmente, o pedágio de alto valor obriga os munícipes a gastarem, semanalmente, um grande valor apenas em pedágios, o que onera a renda dessas famílias. Ele ressalta também que, aliás, o viaduto estava previsto nos projetos originais criados por engenheiros e projetistas para que a rodovia duplicada passasse por cima da estrada, porém tal construção não se efetivou após a conclusão da duplicação da passagem. “Foi criada pelo Estado uma dificuldade e um grande prejuízo para as pessoas que moram e trafegam por essa região. Inclusive, com a duplicação da pista, muitas propriedades rurais, que foram divididas pela rodovia, ficaram isoladas, os produtores se arriscam em situações que podem causar grandes e graves acidentes, ao tentarem passar de um lado para o outro do município”, disse o deputado.

Segundo Danilo Balas, outro ponto que deve ser observado é que, em dias de fortes chuvas, as peruas circulares, que levam os moradores dos bairros citados para a cidade, deixam de realizar o percurso, o que dificulta a vida dos moradores que precisam ir para Tatuí para trabalhar e estudar.

Por fim, os imóveis da região também sofreram grande desvalorização, pois muitos moradores, a fim de não ficarem isolados, se mudaram para o centro de Tatuí, o que causou um grande êxodo e depreciação dos imóveis e das propriedades rurais.

(Da Redação)


Compartilhe