Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Bia Kicis divulga informação sobre condições médicas adversas após vacinação de militares

A deputada federal Bia Kics usou suas redes sociais nesta quarta-feira (2), para informar que um banco de dados militar norte-americano mostra aumento alarmante de condições médicas adveras após vacinação forçada contra a Covid. 

Bia Kicis divulga informação sobre condições médicas adversas após vacinação de militares Foto: Divulgação / Bia Kicis

Bia Kicis divulga informação sobre condições médicas adversas após vacinação de militares

Saúde Por: Alexandre Branco - 02/02/2022

A deputada federal Bia Kics usou suas redes sociais nesta quarta-feira (2), para informar que um banco de dados militar norte-americano mostra aumento alarmante de condições médicas adveras após vacinação forçada contra a Covid. Na postagem, a parlamentar disse que a pesquisa tomou médias de cinco anos de condições médicas e, em seguida, comparou o histórico com os resultados após o início do programa de vacinação militar obrigatório e os resultados são alarmentes: ataques cardíacos (+269%); pericardite (+ 175%); miocardite (+285%); embolia pulmonar (+467%); infarto cerebral (+393%); paralisia de bell (+275%); guillain-barre (+250%); imunodeficiências (+275%) irregularidade menstrual (+476%); esclerose múltipla (+487%); aborto (+306%); HIV (+590%); dor no peito (+1.529%); respiração difícil (+905%).

Segundo Bia Kicis, a informação pode ser verificada diretamente na fonte, consultado o site https://theconservativetreehouse.com/blog/2022/01/30/military-database-shows-alarming-increase-in-adverse-medical-conditions-after

-forced-covid-vaccination .

(fonte: deputada Bia Kicis)


Compartilhe