Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Presidente da República Jair Bolsonaro participa do lançamento da pedra fundamental de unidade de saúde das Obras Sociais Irmã Dulce

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acompanhado por ministros, participou, nesta quarta-feira (16), em Salvador (BA), da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da Nova Unidade de Bioimagem das Obras Sociais Irmã Dulce.

Presidente da República Jair Bolsonaro participa do lançamento da pedra fundamental de unidade de saúde das Obras Sociais Irmã Dulce Foto: Alan Santos / PR

Presidente da República Jair Bolsonaro participa do lançamento da pedra fundamental de unidade de saúde das Obras Sociais Irmã Dulce

Saúde Por: Alexandre Branco - 17/03/2022

O presidente da República, Jair Bolsonaro, acompanhado por ministros, participou, nesta quarta-feira (16), em Salvador (BA), da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da Nova Unidade de Bioimagem das Obras Sociais Irmã Dulce.

A construção da nova unidade vai ampliar os serviços prestados gratuitamente à população carente ofertando também procedimentos de alta complexidade como ressonância magnética, densitometria óssea e exames contrastados com mesa telecomandada. As Obras Sociais Irmã Dulce são uma instituição filantrópica que abriga um dos maiores complexos de saúde de atendimento gratuito do País.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que se sente confortado pelo Governo Federal poder colaborar com o trabalho das Obras Sociais Irmã Dulce. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a obra permitirá diagnósticos precisos por meio de equipamentos de imagem sofisticados. O governo federal investiu cerca de R$ 9 milhões para que as Obras Sociais Irmã Dulce possam oferecer exames de tomografia computadorizada e ressonância.

O complexo das Obras Sociais Irmã Dulce realiza, por ano, cerca de 2,2 milhões de procedimentos ambulatoriais, 12 mil cirurgias e 18 mil internações para o atendimento de patologias clínicas e cirúrgicas. A ampliação dos exames de imagem vai beneficiar pacientes como Pedro Fernandes de Jesus, 51 anos, que estava desempregado quando descobriu um câncer no rim e foi encaminhado para tratamento nas Obras Sociais Irmã Dulce. Lá, ele foi operado e recebeu tratamento. Mais à frente, teve novos tumores e retornou à instituição onde passou por nova cirurgia para retirar um rim e, atualmente, faz radioterapia.

“Os médicos daqui são pessoas maravilhosas. São cuidados que eu não vejo diferença com o de hospitais particulares. A Irmã Dulce tem um legado muito importante, ela fundou e deu o pontapé inicial, o que vem acontecendo aqui são coisas maravilhosas para o ser humano”, disse Pedro Fernandes.

Inovação e pesquisa

Antes da cerimônia nas Obras Sociais Irmã Dulce, o presidente Jair Bolsonaro visitou as instalações do Senai Cimatec, em Salvador, que é o Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia (Cimatec) do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), departamento regional da Bahia.

Logo após a visita, o presidente Jair Bolsonaro participou de almoço com empresários. Em discurso, afirmou que quem não investe em tecnologia está fadado a retornar para a idade da pedra. Disse ainda que o Brasil tem potencial para se tornar, verdadeiramente, um grande país.

Em 2011, o Senai Cimatec foi escolhido como um dos três centros de pesquisa do Brasil a serem apoiados pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que incentiva instituições fomentando a inovação na indústria brasileira. A Embrapii tem um contrato de gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, desde 2013, tendo o Ministério da Educação como instituição interveniente.


Compartilhe