Paquetá dará terceira dose de reforço em idosos

Até o final do mês os idosos vão ser vacinados, a terceira dose é parte da pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz.

Paquetá dará terceira dose de reforço em idosos Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Paquetá dará terceira dose de reforço em idosos

Saúde Por: Natalie Gallacci - 16/08/2021

No município de Paquetá, no Rio de Janeiro, os idosos vão receber até o final desse mês a terceira dose, que é a de reforço, contra a COVID-19, fortificando a imunização. A decisão foi anunciada hoje (16/08) pelo Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde do Rio, afirmando que as doses vão ser aplicadas como parte de uma pesquisa realizada em conjunto com a Fundação Oswaldo Cruz.

O programa de vacinação em massa no bairro insular atingiu 96% de adesão na primeira dose e 85% na segunda, que foi aplicada neste domingo (15/08). Cientistas também fizeram acompanhamento sorológico nos voluntários da pesquisa, que acompanha também pessoas que não podem tomar a vacina, tal como as crianças.

O estudo planeja verificar o efeito da imunização em massa na circulação do vírus e na formação de uma defesa comunitária contra a doença, que favorece também quem não pode tomar a vacina. Com a aplicação da terceira dose nos idosos, passada a ser parte da pesquisa a análise dos efeitos da vacinação heteróloga, quando são aplicadas doses de vacinas diferentes contra o mesmo vírus.

“Essa vacinação em Paquetá com a terceira dose vai poder mostrar como funciona a segurança da vacina heteróloga na terceira dose e também vai poder mostrar como acontece a produção de anticorpos dessa vacinação nessa população", disse Soranz.

De acordo com o secretário da Saúde, os idosos da cidade serão separados em duas turmas, e vão tomar doses das vacinas Pfizer e Astrazeneca. Soranz declara que é possível que a vacinação de idosos com a terceira dose se amplie em toda a cidade, e determinou significativo que tanto a cidade quanto o Ministério da Saúde se organizem para essa possibilidade.


Compartilhe