Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Campinas faz chamamento público para que empresas vacinem funcionários.

Poderá ser vacinado somente quem estiver dentro do público alvo.

Campinas faz chamamento público para que empresas vacinem funcionários. Foto: Fábio Rodrigues Pozeebom/Agência Brasil

Campinas faz chamamento público para que empresas vacinem funcionários.

Saúde Por: Natalie Gallacci - 22/07/2021

Foi realizado pela Secretaria de Saúde de Campinas, interior de São Paulo, uma convocação pública para consolidar parcerias com empresas, com o intuito de acelerar o processo de vacinação contra a COVID-19 na cidade. Segundo a prefeitura, por hora, 13 empresas adotaram à parceria.

Foi publicado nesta terça-feira (20/07), o edital que designa os termos para adesão das empresas que tiverem interesse. As empresas que participarem vão receber treinamento, vacinas e insumos para a aplicação, em compensação, vão se responsabilizar pela vacinação dos funcionários que estejam nos grupos determinados estabelecido pela Secretaria de Saúde.

Algumas condições impostas para as empresas é a necessidade de um profissional de enfermagem para a aplicação da vacina, e mais duas pessoas para tomar conta da digitação dos dados impostos pelo sistema. Também não será permitida a vacinação em funcionários que não estejam nos grupos do plano de vacinação da cidade.

Segundo a prefeitura, todo o processo será supervisionado pelo Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) do município. De acordo com a diretora do Devisa, Andrea von Zuben, “É uma ação importante, que vai reunir esforços para a vacinação da população economicamente ativa. Dessa forma, vamos aumentar a cobertura vacinal na cidade”. Ontem (21/07), uma equipe do Centro de Referência à Saúde do Trabalhador (Cerest), que faz parte do Devisa, efetuou uma vistoria em uma empresa que realizará o projeto-piloto do modelo de vacinação. De acordo com o município, o inicio da vacinação está para iniciar na próxima semana.

Empresas que quiserem fazer a parceira com o município podem pedir a adesão pelo site. Depois de enviados, os formulários serão avaliados pelo Devisa.


Compartilhe