Polícia Federal abre inquérito para investigar a falsidade ideológica de argentinos

Jogadores apresentaram informações falsas ao ingressar no Brasil.

Polícia Federal abre inquérito para investigar a falsidade ideológica de argentinos Foto: Alex Silva/Agência Estado

Polícia Federal abre inquérito para investigar a falsidade ideológica de argentinos

Saúde Por: Natalie Gallacci - 06/09/2021

Foi confirmado pela Polícia Federal a abertura de uma investigação para conferir o possível crime de falsidade ideológica realizada por quatro jogadores da seleção argentina de futebol, onde teriam apresentado informações falsas ao ingressarem no Brasil, onde iriam jogar contra a seleção Brasileira pelas eliminatórias da Copa do mundo. O jogo foi paralisado com os dois times em campo neste domingo (05/09), 5 minutos após começarem.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), já havia estabelecido que os atletas argentinos ficassem de quarentena no hotel e, futuramente, deportados para a Argentina, entretanto, a ordem não foi realizada. Conforme a Anvisa, a delegação argentina foi comunicada em reunião neste sábado (04/09), referente a irregularidade dos jogadores que, apesar disso, foram escalados para o jogo.

De acordo com o previsto na Portaria Interministerial 655, de 2021, viajantes estrangeiros que tenham ido, nos últimos 14 dias, no Reino Unido da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte e Índia estão barrados de entrar no Brasil. Segundo a PF, ainda neste domingo (05/09), os jogadores foram advertidos a deixar o Brasil, o que é um método padrão.


Compartilhe