Cookies management by TermsFeed Cookie Consent

Bebês vacinados por engano contra a Covid-19 estão internados em Sorocaba 

 Um menino de quatro meses e uma menina de dois meses de idade estão internados no hospital do Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci), há seis dias, após receberem, por engano, uma vacina Pfizer contra a Covid-19. 

Bebês vacinados por engano contra a Covid-19 estão internados em Sorocaba  Foto: Reprodução/Google Maps

Bebês vacinados por engano contra a Covid-19 estão internados em Sorocaba 

Saúde Por: Alexandre Branco - 08/12/2021

Um menino de quatro meses e uma menina de dois meses de idade estão internados no hospital do Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci), há seis dias, após receberem, por engano, uma vacina Pfizer contra um Covid-19.

O caso aconteceu no dia 1º de dezembro, quando as melhores mães levaram seus filhos à Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Nova Sorocaba, para receber a vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra uma bactéria responsável por infecções no nariz, nas meninges e na garganta.

No entanto, um auxiliar de enfermagem, encarregada da aplicação da vacina ministrou o imunizante contra a Covid.

No dia seguinte, dia 2, os parâmetros de correlação e as mães procuraram a UBS, mas foram informadas que era situação esperada. À noite, no mesmo dia, entretanto, conforme as crianças foram levadas ao hospital do Gpaci após apresentarem reações ainda mais fortes, como febre alta e vômito, além de não conseguirem tomar leite.

A técnica de enfermagem responsável pelo erro alegou que confundiu os frascos e foi afastada. De acordo com o secretário de Saúde Vinícius Rodrigues, o frasco da vacina contra a Covid-19, da marca Pfizer, possui embalagem semelhante à pentavalente, o que gerou o erro.

Nesta quarta-feira (8), os bebês permaneciam internados e suas mães relataram que o quadro de saúde apresentado ao pior nível na terça-feira (7). A Prefeitura de Sorocaba e o hospital não confirmaram piora no quadro de saúde das crianças.

Os médicos continuam acompanhados a evolução dos bebês que são realizados em exames. As mães relatam dias difíceis e não escondem indignação com o acontecido.

A profissional que aplicou uma vacina contra a covido por engano nos bebês ausente do setor. Foi aberta um procedimento interno para apurar o ocorrido.


Compartilhe